quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Milton Nascimento – Cronologia – Anos 90

1990
Seu disco "Txai", concebido a partir de uma viagem de mais de 18 dias de barco pelo Rio Juruá, no Estado do Acre até a divisa com o Peru, chega ao primeiro lugar da lista de World Music da Revista "Billboard". Nessa viagem Milton se encontra com diversas tribos indígenas, seringuei-ros e outros habitantes da Floresta.

Milton Nascimento é por duas vezes escolhido como o "World Beat Artist of the Year" pela revista "DownBeat". Em 1991 pela DownBeat Reader´s Pool e em 1992 pela DownBeat Critic´s Pool.

1993
Sai seu primeiro álbum pela Warner, "Ângelus", considerado por ele o "Clube da Esquina Três". O disco tem a participação de James Taylor, Herbie Hancock, Wayne Shorter, Jon Anderson, Naná Vasconcelos, Ron Carter, Peter Gabriel, Pat Metheny, Gil Goldstein e Jack Dejohnette.

A gravação deste disco começa em estúdio montado numa fazenda em Esmeraldas, Minas Gerais, sendo concluída em Nova Yorque.

1995
Em 1995, grava no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, o CD "Amigo", acompanhado da Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo e de dois corais infantis: os Curumins, de Belo Horizonte e os Rouxinóis, de Divinópolis.

Durante essa turnê Milton pensa em parar de cantar, mas graças ao sorriso de uma das crianças do coral desiste de abandonar a carreira.

O menino, chamado Mardey, é hoje seu filho adotivo.

Dedicado à Ayrton Senna, o projeto "Amigo" viaja por todo o mundo, tendo Milton se apresentado com as crianças em Nova Yorque na Brooklyn Academy of Music, acompanhado pela Filarmônica de Nova Yorque, no Festival de Montreux e em Londres, no Royal Albert Hall, com a Royal Philarmonic Orchestra of United Kingdom.

No ano seguinte, 1996, é premiado pela Rainforest Foundation por sua atuação em favor da ecologia e dos povos indígenas.

Em Londres Milton se apresenta com os Rouxinóis, os Curumins e com crianças de uma entidade beneficente inlgesa à pedido da princesa Diana.

1997
Depois de um longo tempo dedicado mais ao exterior que ao Brasil, volta às suas raízes, lançando o CD "Nascimento" e a turnê "Tambores de Minas", com direção de Gabriel Villela.
Por mais de um ano viaja pelo Brasil com o espetáculo.

1998
"Nascimento" recebe o Grammy de Melhor Álbum de World Music do Ano.
Depois de um período dificil, com uma turbulência em sua saúde, causada por um Diabetes descompensado, Milton Nascimento se recupera e retoma o espetáculo Tambores de Minas, com direção de Gabriela Vilela, que havia estreado em julho de 1997.

O espetáculo viaja por todo o Brasil e posteriormente é lançado em DVD.
Na gravação do DVD, no Teatro João Caetano, Milton recebe a estatueta do Grammy de Melhor Disco de World Music, que o disco Nascimento havia recebido no ano anterior, das mãos do produtor do disco, Russ Titleman.

1999
No início de 1999 Milton é coroado Rei Congo na cidade de Divinópolis, Minas Gerais.
Nesse mesmo ano, lança o CD e a turnê "Crooner", na qual, acompanhado de sua própria orquestra, promove bailes inesquecíveis no Brasil, América Latina e Europa.


Fonte – Site do Artista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.